RSS

Por que garotas tarja-preta (as depressivas e barraqueiras) atraem os homens?

08 mar

Meninas, sinto o cheiro de um insight roçando a janela. E costurei uma gigante, uma calorosa, uma planetária verdade: tudo é cíclico! Sim, ora vejam só… A moda, os amores, o planeta. Tudo cíclico. Indo e vindo. Digo isso tudo porque venho notando o retorno do jeito Cazuza. Vocês conhecem a mulher-Cazuza? Aaaaaaahhhhhhh! A mulher-Cazuza! É aquela que grita, que vira o prato, que alavanca o dedo na cara, que reclama sempre, que diz “eu sou muito intensa”. Ela é uma TPM sem fim.

Ela é a pior ex que existe, a mais insuportável namorada. Garotas, garotas. Venho mesmo notando um crescimento de 24% nas síndromes das meninas-Cazuza. É só olhar em volta. E devo dizer: tenho medo dessa gente teatral. Vocês querem saber por que elas atraem tanto os homens? Eu direi: elas não atraem. Elas enganam. A gente é burrinho! À noite, na caça, sob a pressão de uma sexta-feira solitária, um rapaz é capaz das maiorias miopias.

SEXO COM MUITO TESÃO E OUSADIA

As mulheres-Cazuza levam vantagem sobre você porque chamam a atenção. Elas são capazes de deitar no chão numa festa, de falar mais alto que o DJ, de tomar iniciativas. Num primeiro momento, uma doidinha tem um tipo único de atrativo: sexual. Atiça a nossa vontade de transar com muito tesão e ousadia.

O problema é que depois que a gente transa com  muito tesão e ousadia, o tesão e a ousadia perdem importância. Sobra um Cazuza pra aguentar. Todo sujeito guarda na cuca um arsenal de desculpas e mentiras para despistar a Cazuza na manhã que sucede a transada com muito tesão e ousadia. Vai do telefone errado à dor de barriga.

O ponto é: não almejem ser mulher-Cazuza. O segredo do seu poder é simples: elas metem medo. E homem é medroso. Homem paga dois Impostos de Renda para adiar um fim. Homem não sabe dar fora. Homem se apega à crença de que o universo, de alguma forma, vai se encarregar de fazer isso por ele. Donde se mete debaixo das cobertas e lança a sorte ao vento – o que quer dizer que ele não vai atender às ligações, vai responder e-mails com monossílabos e negará sempre que haja algum problema.

Mas anote: na hora do docinho, homem não gosta de Gardenal nem de Lexotan. Homem vai de jujubinha e caramelo de coco.

Via Marie Claire

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: