RSS

Por que os relacionamentos esfriam? Tem volta?

04 mar

E lá vou eu, meninas, capotando e girando rumo ao fundo do poço dos relacionamentos! Semana passada eu cavei uns números e umas estatísticas tristes sobre o japonês em crise sexual. Hoje eu meto nova pá no buraco.

Todo casal cozinha um incomodo silêncio conforme os meses, os anos vão passando: por que a coisa não é mais como era antes? Por que a paciência acabou? Por que se afasta de mim? Por que não me faz mais favores como antes? Por que a grosseria? Por que o sexo congelou?

Em algum momento, um flechará o outro com essa inquisição silenciosa. Mas moças, atentai: quando a variedade de posições de vocês na cama é tão sortida quanto a de uma estátua, quando a ginga na cama é a de um obelisco, é tempo de meter a cabeça e a consciência na chapa. É hora de se preocupar.

Crise sexual é grave. Mas às vezes ela quer dizer outra coisa. Uma vez eu falei sobre a TPM masculina. Pois boa parte do problema está ali. Homem tem problema pra lidar com a percepção de que um relacionamento não é um eterno início de namoro. A gente é besta! Daí que quando o pirulito do seu marido virar um picolé em derretimento, converse. Ele vai adorar saber que você reparou.

O início e o fim, e o início de novo

Último ponto: um casal vive de caramelar as lembranças e a sua história. Os dois esquecem que começo de namoro só é tão legal porque é começo de namoro. Se fosse sempre igual, sempre aquele máximo de tensão e tesão, aquele máximo de tensão e tesão não seria máximo, seria médio, seria a média. Seria chato.

Sejamos acacianos: as coisas esfriam porque esfriam. E reaquecem porque reaquecem. A graça é achar essa nova graça, esse novo jeito de ser legal. Homens demoram a entender isso. Vocês sempre crescem antes da gente.

É com a sua ajudinha amiga, companheira e sensual, que as coisas vão lentamente se arranjando. Ele vai descobrir que amar é um monte de altos e baixos, mais baixos que altos. Moças, não abandonem os seus namorados e maridos em crise num Japão sem sexo! Falem com ele. Vocês não sabem como homens gostam de saber que eles podem, sim, falar. Que eles vão ser ouvidos. Tem jeito! Tem jeito!

P.S.: Na próxima semana eu termino com os truques sexuais pra reavivar a cenourinha do seu companheiro. E revelo, finalmente, por que você jamais deve fazer um striptease.

Por Marie CLaire

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: